Visitem nossos Blogs

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Quero uma solidão,
quero um silêncio,
uma noite de abismo e a alma inconsútil,
para esquecer que vivo,
libertar-me das paredes,
de tudo o que aprisiona,vencer tempos pululantes de enredos e tropeços, quebrar limites, extinguir murmúrios, deixar cair as frívolas colunas de alegorias vagamente erguidas.
Ser tua sombra, tua sombra, apenas, e estar vendo e sonhando à tua sombra,a existência do amor ressuscitada.
Falar contigo pelo deserto.

(Cecília Meireles)

RMoon

2 comentários:

Manu disse...

Olá Reggina!

No silêncio de um deserto
ouve-se a súplica do amor
na solidão de estar perto
a poetisa clama a sua dor

Palavras para quê? Cecília Meireles como puro sentimento. Beijo.

REGGINA MOON disse...

Manu,

Também a considero um grande ícone na nossa Literatura em seu estilo.

Grata pela visita,

Beijos!

Reggina Moon