Visitem nossos Blogs

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Entrego-me

Entrego-me em tuas mãos
Seja dona do meu coração
Faça dele o que bem quiser
Dou-te tudo que puder
Sem reserva e sem pudor
Entrego-me ao seu amor.

Deixa que seja seu mar
Nele quero navegar
Ser sua flor preferida
O perfume de sua vida.
Quero ser o ar que respiras
A canção que te inspira.

Deixa ser o prazer de seu beijo
Estar no seu intimo desejo
Como um toque de magia
Realizar ocultas fantasias
Ser o calor que te aquece
O prazer que te enlouquece.

Ah! Entrego-me e deixo tudo ser
Para que de ti possa pertencer
Ser a ilusão e realidade
Que completa sua outra metade
Que te faça feliz plenamente
Em todos sentidos inteiramente.

(Ataíde Lemos)

RMoon

2 comentários:

Glória Müller disse...

LINDO, LINDO, LINDO... TÃO LEVE E APAIXONADO AO MESMO TEMPO.
*ROMÂNTICO DEMAIS*!
BeijIooos
GLÓRIA

M@ria & Reggina Poesias disse...

Glória,

Grata por sua visita e comentário!
Realmente, muito lindo poema de Ataíde, que sempre nos entrega verdadeiras pérolas!

Grande beijo!

Reggina Moon