Visitem nossos Blogs

domingo, 20 de setembro de 2009

Pequena elegia chamada Domingo

O Domingo era uma coisa pequena.
Uma coisa tão pequena
que cabia inteirinha nos teus olhos.
Nas tuas mãos
estavam os montes e os rios
e as nuvens.
Mas as rosas,
as rosas estavam na tua boca.
Hoje os montes e os rios
e as nuvens
não vêm nas tuas mãos.
(Se ao menos elas viessem
sem montes e sem nuvens
e sem rios ...)
O domingo está apenas nos meus olhos
e é grande.
Os montes estão distantes e ocultam
os rios e as nuvens
e as rosas.

(Eugênio de Andrade)

RMoon

2 comentários:

Manu disse...

Olá Reggina!

Belas, as Rosas dominicais
que dão cor à tua presença
são flores em tudo especiais
que reforçam a tua crença

Bom Domingo cheio de poesia. Beijos.

Malu disse...

lindo poema, linda imagem, linda voce....Bom Domingo!